3 dicas para diminuir o consumo nocivo do álcool na pandemia

Se o álcool sempre foi usado para  a socialização em eventos, por que durante a pandemia seu consumo teve aumento?

Em 2020, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), realizou a pesquisa “Uso de Álcool e Covid-19”, onde confirmou a preocupação levantada no início da pandemia da COVID-19: a intensificação no uso nocivo do álcool.

O estudo feito com mais de 12 mil pessoas de 33 países da América Latina e Caribe, entre 22 de maio e 30 de junho, revelou que 5% dos entrevistados com idades entre 30 e 39 anos confirmaram ter um aumento na frequência de um comportamento chamado de beber pesado episódico (BPE). Isso significa se embriagar com cinco ou mais doses de álcool, o equivalente a mais de 1,7 litro de cerveja, 750 ml de vinho ou 225 ml de destilado em uma única ocasião. 

Outro ponto preocupante na pesquisa, foi o aumento no consumo de álcool ilícito. A frequência no consumo destas bebidas mais do que dobrou durante a pandemia, passou de 2,2% para 4,9% ao mês. É bom lembrar que essas bebidas de procedência duvidosa podem aumentar o risco de intoxicação devido ao maior teor alcoólico.

Mas por que durante a pandemia seu uso teve um aumento?

Segundo os pesquisadores isso acontece porque as bebidas alcoólicas são usadas para aliviar o estresse do nosso dia a dia, o que ficou bem elevado com a pandemia. 52,8% dos entrevistados que cometeram exageros alcoólicos, relataram ter algum sintoma emocional como: ansiedade, nervosismo, insônia, preocupação, medo, irritabilidade e dificuldade para relaxar. 

O consumo nocivo do álcool pode ser um dos fatores que pode desencadear o enfraquecimento do sistema imunológico, causar lesões no fígado e no coração, e além de aumentar a ansiedade, aumento nas chances de comportamentos violentos. 

Para te ajudar a lidar com esse problema, separamos 3 dicas que vão te ajudar a  ter uma relação saudável com o álcool.

  • Faça drinks sem álcool: hoje em dia, existem diversas marcas de cerveja sem álcool no mercado. Você também pode criar seu próprio drink sem incluir o álcool. Que tal um drink de abacaxi com coco para substituir a piña colada?
  • Respire: para reduzir as reações do seu sistema nervoso, faça o controle da sua respiração! Inspire lentamente pelo nariz e solte pela boca. Isso vai ajudar no controle da sua ansiedade. Vale fazer em qualquer momento do dia.
  • Pratique atividades físicas: essa dica vale ouro! Por elevar a produção de serotonina, os exercícios físicos ajudam a lidar com estados de ansiedades dando mais sensação de prazer. Tirar 30 min do seu dia três vezes na semana para uma caminhada, além de fazer bem para o seu corpo, vai te ajudar a lidar com a ansiedade.
  • Lembre-se de que o consumo moderado é o melhor caminho: beber até 2 doses em um único dia e passar pelo menos 2 dias seguidos sem beber. Para menores de 18 anos o consumo deve ser ZERO.

A pandemia pode nos deixar lições positivas e o consumo consciente do álcool pode ser uma delas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *